A Palavra-Chave


tempo
09/04/2010, 3:28 am
Filed under: Minha Palavra | Tags:

Parece que a tempestade dará trégua. Vão-se as chuvas, vem a seca, vem o frio. O calor fará falta.


Matéria-prima: vapor de água produzido pelo temporal.
Fotografada em: abril de 2010, no interior do carro na chuvosa cidade.



grampo
04/04/2010, 12:15 am
Filed under: Minha Palavra | Tags:

E pensar que, enquanto a tecnologia evolui tão rapidamente, alguns utensílios de nosso dia a dia perduram quase intocados por dezenas, talvez centenas de anos.

Matéria-prima: pregadores de roupa.
Fotografada em: março de 2010, na área de serviço.



alpiste
03/04/2010, 9:15 pm
Filed under: Minha Palavra | Tags:

O símbolo de liberdade é também símbolo de sua ausência. O pássaro, vítima indefesa do cárcere e de nossa vaidade.

Matéria-prima: tudo à minha volta, alpiste.
Fotografada em: março de 2010, no banco.



anel
31/03/2010, 10:16 am
Filed under: Sua Palavra | Tags:

O desafio foi lançado e a Rita o aceitou. Sacou de seu aparelho celular e encarou a tarefa. O texto também é dela.

Adoro anel, principalmente de prata e com desenho diferente. Não posso, de forma alguma, sair sem um deles. Não sou a mesma. Parece que algo está errado em mim.

Matéria-prima: anéis.
Fotografada em: março de 2010, sobre a mesa.



fita
28/03/2010, 11:22 pm
Filed under: Minha Palavra | Tags:

Se não tem minha idade, talvez sequer as conheça. O tempo corre. Mais rápido corre a tecnologia. Quando se não falava em pirataria, era assim que ouvíamos música.

Matéria-prima: fitas cassete (não confundir com cacete, nem com o também extinto videocassete).
Fotografada em: março de 2010, na sala de estar.



ouvido
27/03/2010, 10:55 pm
Filed under: Minha Palavra | Tags:

Em minha profissão, aprendi que é preciso ouvir: ouvir o cliente, os parceiros de trabalho, a própria intuição. Acima de tudo, é preciso ouvir o texto. Ele tem sempre algo a ensinar.

Matéria-prima: cotonetes.
Fotografada em: março de 2010, sobre a pia do banheiro.



brinco
21/03/2010, 7:07 pm
Filed under: Sua Palavra | Tags:

Não sou só eu que brinco. Mais uma gentil contribuição da Magda.

Nunca saio sem. Nunca mesmo. Para não correr o risco, tenho dois pares de reserva na bolsa. Sem eles sinto que falta algo na composição do visual.

Matéria-prima: brincos.
Fotografada em: março de 2010, no sofá da sala.